Currículo: uma ferramenta de marketing pessoal.

O currículo é um documento que agrupa informações pessoais de um profissional junto a sua formação acadêmica e sua trajetória no mercado de trabalho, visando demonstrar suas qualificações, competências e habilidades.

Um bom currículo bem apresentável e redigido, pode não garantir um emprego, mas é sem sombra de dúvidas, um passo importantíssimo para alcançá-lo. Grande parte das pessoas tem dúvidas em como criar seu currículo principalmente as que estão entrando agora no mercado de trabalho.

A estrutura do currículo deve ter, basicamente, os aspectos listados a seguir:

- Dados Pessoais: nome, naturalidade, idade, estado civil, endereço completo, fone e email. Não é necessário colocar dados sobre os seus documentos pessoais. Estes dados serão solicitados pela empresa se você for contratado.

- Objetivo Profissional: refere-se ao cargo ou área de atuação pretendida.

- Escolaridade: a especificação da escolaridade deve ser em ordem decrescente. Comece pelo ensino superior e em seguida o ensino médio. Não é necessário especificar o ensino fundamental, porque sua realização fica naturalmente subentendida.

- Experiência Profissional: faça como no caso da escolaridade, registre do último para o primeiro emprego. Coloque a data de entrada e saída e a função que desempenhou na empresa de forma resumida.

- Cursos de Formação: coloque todos os cursos que você já fez com a carga horária e o nome da instituição. Isto agrega valor ao seu currículo.

O que não colocar no currículo:

- Foto e número de documentos.
- Título currículo vitae ou currículo.
- Nome de pais, marido ou esposa e filhos.
- Referências pessoais ou profissionais.
- Motivo de saída de empregos anteriores.
- Pretensão salarial.
- Cartas de referência.
- Anexar certificados de cursos realizados.
- Data e assinatura.